Diálogos entre direito e literatura no conto Na Colônia Penal, de Franz Kafka

Autores

  • Valci Vieira dos Santos Uneb

DOI:

https://doi.org/10.26893/rv.v2i3.30

Palavras-chave:

Direito, Literatura, Na Colônia Penal, Franz Kafka

Resumo

O estudo do Direito, por meio da Literatura, tem cada vez mais atraído estudantes, professores e pesquisadores que veem nessa interlocução uma profícua fonte para o desenvolvimento do conhecimento jurídico. As narrativas literárias, com suas variedades linguísticas, têm ampliado os horizontes de sentidos e significados de textos de cunho jurídico, auxiliando-os na interpretação de seus fenômenos. O conto Na colônia penal, de Franz Kafka (2011), é exemplo de narrativa que possui importantes reflexões para os estudos jusliterários. É a partir, pois, da relação que o direito mantém com a literatura, sobretudo no campo das funções da linguagem, que pretendemos analisar o referido conto, extraindo dele elementos que apontam para essa interlocução

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valci Vieira dos Santos, Uneb

Doutor em Estudos Literários/Literatura Comparada (UFF); Professor Titular na Universidade do Estado da Bahia-UNEB e na Faculdade do Sul da Bahia-FASB; pesquisador do Grupo de Estudos GEICEL, com as linhas de pesquisa: Literatura: Crítica, Memória, Culturas e Sociedade; Língua: Linguagens, Significação e Identidade, da UNEB; pesquisador do Grupo de Pesquisas Literárias Luso-Brasileiras-PPLB, vinculado ao Real Gabinete Português de Leitura do Rio de Janeiro e à Universidade do Estado do Rio de Janeiro-UERJ.

Publicado

23/12/2020

Como Citar

Santos, V. V. dos. (2020). Diálogos entre direito e literatura no conto Na Colônia Penal, de Franz Kafka. Revista Veredictum, 2(3). https://doi.org/10.26893/rv.v2i3.30